Coach para Transição de Carreira

 

Muitas pessoas nos contactaram com várias dúvidas sobre nosso programa de Coach para Transição de Carreira. Por isso redigi este post em um formado de perguntas e respostas. 

Origem do Coach

Existem duas vertentes que fundamentam a origem do termo Coach, ambas afirmam sua origem a partir da palavra em inglês COACH, podendo ser traduzida como:

  • Coach visto como o técnico, responsável pela integração do time, com foco na conquista de melhores resultados individuais, e para o grupo.

  • Coach na figura do cocheiro, que tem as rédeas da carruagem, e direciona os seus integrantes para o seu destino.

Ao analisarmos cada uma delas, observamos que as duas transmitem a mesma ideia, como o COACH sendo visto como um agente direcionador, orientando pessoas a terem foco, em prol dos seus objetivos.

O que é coaching?

O coaching é um processo que visa o autoconhecimento para obtenção de melhores resultados. Basicamente temos três linhas de trabalho na área de Coach:

 COACH EXECUTIVO: Esta atividade que vem ganhando destaque no Brasil desde a virada deste último século, e visa orientar os profissionais em suas carreiras, almejando um crescimento profissional, aprimoramento na figura da liderança, também chamado de Leader Coach.

LIFE COACH: Este processo, focado na vida pessoal do coachee, trabalhando suas necessidades, aspirações e desejos.

COACH DE CARREIRA: Suporte a profissionais que, durante um período considerado crítico em suas carreiras, buscam apoio e orientação para assumirem seus novos desafios profissionais.

 Qual o papel do Coach no processo de Carreira?

O trabalho do coach, geralmente, está focado no autoconhecimento, na avaliação e desenvolvimento das competências necessárias para o mercado de trabalho, uma identificação dos seus pilares de carreira, onde estão seus alicerces e suas bases que a sustentam, com base nos seus conhecimento, experiências, vivência e capacitação. Identificar novas oportunidades de mercado que estejam alinhadas com as bases de carreira, e perfil pessoal e profissional do coachee.

O coach promove no coachee identificar comportamentos repetitivos, e modelos mentais arraigados em nossas vidas, hábitos não mais aplicados no momento atual, propondo mudanças reais para essa nova etapa na vida do coachee.

A função do coach pode ser comparada a de um tutor, que ajuda, treina, orienta, prepara, impulsiona seus discípulos para o desenvolvimento pessoal e profissional.

O coach deve ser uma pessoa na qual o profissional confia, e busca conselhos, indicações, para o desenvolvimento das suas competências, de modo a compartilhar suas experiências, anseios, dúvidas com alguém que possua condições de orientá-lo para o seu melhor desempenho e aprendizado.

Por intermédio da troca constante de informações e da avaliação dos resultados, cria-se um ambiente de aprendizado entre as duas partes. Como resultado final, ocoachee descobre como seguir seu próprio caminho.

Principais características de um Coach de Carreira.

 Desenvolver competências não significa apontar falhas e erros cometidos pelo coachee, mas sim apresentar sugestões de melhorias. E isto requer extrema habilidade. Por isso, o coach de carreira deve apresentar uma série de características consideradas fundamentais para o exercício de sua atividade.

O mercado exige que os coaches de carreira sejam profissionais munidos de cultura empresarial, visão ampla dos negócios e conhecimento do mercado. Em alguns casos, é recomendado que tenha também experiência em desenvolvimento, capacitação de RH e um bom conhecimento do mercado de recrutamento e seleção de média e alta gerência, além da formação em Coach.

Estas são as características necessárias para que o coach consiga alavancar competências, sejam elas individuais ou coletivas. Assim, o coach conduzirá seus clientes a avaliarem seus conhecimentos e habilidades profissionais.

É importante que o coach saiba perguntar e também ouvir, pois o feedback entre ele e o coachee, faz-se necessário a todo instante. Com isto, o coach consegue absorver melhor a realidade da situação na empresa onde ele está atuando, ou do mercado atual, com que tipo de profissional ele está lidando, para orientar no caminho dos objetivos do coachee, em busca de soluções para as suas necessiades.

O trabalho do coach foca na conquista das metas e objetivos de forma mais precisa. Além disso, ele tem condições de orientar melhor um profissional quando se trata de postura na hora de uma entrevista, como falar etc.

É importante saber escolher o seu coach. Na hora de optar pelo trabalho de umcoach, alguns aspectos são muito fundamentais, entre eles a postura ética do profissional, vivência no mercado, formação, experiência, credibilidade, estrutura física, etc. É preciso haver uma sintonia, que engloba também a idoneidade, além deste possuir um bom conhecimento de mercado, sólido histórico profissional, entre outras características.

Qual o momento adequado para contratar um Coach de Carreira?

A contratação pode ser feita a qualquer momento da carreira do coachee, porém alguns sinais indicam a necessidade eminente de um auxílio externo, como: 

  • Desenvolvimento de carreira com foco na ascensão profissional

  • Reposicionamento de carreira com foco em novos mercados

  • Recolocação no mercado de trabalho

  • Insatisfação profissional 

Como se desenvolve o processo de Coach de Transição de Carreira com foco na Recolocação Profissional? 

O programa de Coach para Transição de Carreira da Trigo RH fundamenta-se em 8 encontros quinzenais, de uma hora cada, nos quais serão discutidos aspectos fundamentais de sua carreira, dificuldades, aspirações, medos, desejos, e expectativas.

A cada encontro, uma ferramenta de autoconhecimento será aplicada, para a compreensão dos pontos fortes e necessidades de melhoria, como focos em temas específicos, ou de acordo com a necessidade do coachee.

Caso o coachee deseje, encontros adicionais poderão ser contratados, em complemento ao programa. 

O que será abordado em cada encontro?

 Basicamente teremos a seguinte linha de pensamento:

  1. Avaliação das competências, autoconhecimento e avaliação de carreira

  2. Avaliação curricular, cursos, currículo, conhecimentos a serem explorados

  3. Estratificação dos valores com foco na carreira

  4. Avaliação de mercado e oportunidades de trabalho

  5. Processos seletivos, performance de entrevistas e simulações

  6. Avaliação do bioestresse e seus impactos no seu desempenho

  7. Desenvolvimento da metodologia do 4As® aplicada na recolocação

  8. Fechamento e devolutiva

Espero ter elucidado boa parte das dúvidas com relação ao programa. Para mais informações, agende o seu primeiro encontro 100% gratuito.

 

 

Estou à disposição para esclarecimentos que julgarem necessários.

Por Roberta Trigo
carreira@trigorh.com.br

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Posts Em Destaque

Devolutivas de Processos Seletivos

October 26, 2016

1/2
Please reload

Posts Recentes
Please reload

Arquivo
Please reload

Procurar por tags
Please reload

Siga
  • Facebook Basic Square
  • Twitter Basic Square
  • Google+ Basic Square